Automação e inteligência: Aliados na geração de “Leads”

O principal “insumo” do marketing digital é a geração de leads qualificados: eles são o foco das campanhas e serão os potenciais consumidores do que se queira vender.

Sendo assim, estratégias para otimizar os processos de geração de leads são imperativas no mundo empresarial digital.

A melhoria nos processos de captação e manutenção de leads passam, necessariamente, pelo uso da automação.

Sistemas que realizam tarefas de maneira automática, usando de inteligência e cruzamento de dados para mapear, captar e compreender leads.

O uso de inteligência e automação no marketing digital possibilita não apenas a geração de mais leads, como um melhor relacionamento com eles, maior retenção e conversões.

Esses processos otimizam o CRM e são usados em todos os canais que se possa imaginar.

Tais como, e-mail marketing, SMS e redes sociais. Mais que importantes, tornaram-se indispensáveis na elaboração de uma boa estratégia digital.

 

DESAFIOS PARA O MARKETING DIGITAL

A imensa possibilidade de canais e estratégias a serem utilizadas em meios digitais criou desafios para o marketing digital.

Como usar todas essas possibilidades e combiná-las da melhor forma?
A resposta para questões como essa pode ser a diferença entre sucesso e fracasso.

Esses desafios passam pela geração de leads: como atrair a atenção de alguém e fazer com que essa pessoa sinta confiança em determinado profissional ou empresa?

A geração, qualificação e manutenção de leads é um desafio constante.

Justamente para otimizar esses processos é que aparecem a automação e inteligência nos tratamentos de dados. Usados de maneira inteligente e automatizada, ferramentas como e-mail marketing e SMS podem ajudar muito na obtenção e manutenção exitosa de leads.

É o que veremos a seguir!

 

E-MARKETING QUALIFICADO GERADOR DE LEADS

O e-mail marketing é uma estratégia de extrema importância, principalmente quando usada de forma inteligente – e, naturalmente, também é alvo de processos de automação.

Começa a partir de um mailing qualificado: apenas um mailing atualizado, com dados reais e que retratem um público-alvo realmente assertivo para o produto que se quer vender pode gerar uma estratégia de e-mails realmente exitosa.

Com um mailing bem qualificado em mãos – o que, com os processos de tratamento e limpeza de dados, já pode ser obtido por meio de automação – , vem a estratégia de e-mail marketing propriamente dita, a qual, atualmente, costuma ser feita de forma inteiramente automatizada por muitas empresas.

A automação do disparo e mensuração das campanhas de e-mail marketing pode estar aliada ao processo de construção de jornada do cliente: entender o processo pelo qual o lead passa até adquirir um produto e integrá-lo com a criação de experiências (UX) para torná-lo mais assertivo.

 

AUTOMAÇÃO EM TODO LUGAR

A automação do marketing digital permeia todas as áreas e processos.

Ajuda, por exemplo, a criar sistemas de pontuação de leads: quantidade de vezes que o lead acessou o site, quantidade de e-mails trocados, cliques em links de e-mails.

 Essas interações com sua empresa geram pontos e servem para entender e mapear melhor os leads.

A automação de e-mails com disparos de mensagens personalizadas, permite a execução e acompanhamento inteligente de resultados.

Estratégias como landing pages e formulários também podem ser incorporadas, otimizando esforços e gerando diversas possibilidades de mensuração de resultados através do cruzamento de informações.

Há softwares como o Mautic, uma plataforma de marketing open source 100% personalizável, que se integram a sistemas e plataformas como o WordPress, Pipedrive, Salesforce e muitas outras, de forma a acompanhar campanhas, criar e gerenciar formulários e disparar e-mails.

No caso das plataformas de marketing, ainda é possível segmentar leads de forma detalhada conforme interação que tiveram com a sua empresa, localizar leads geograficamente e ainda cruzar informações de diferentes fontes num mapeamento perfeito dos seus públicos de interesse.

O uso de sistemas como esse, pensando de forma empresarial em segmentação, automatização e reconhecimento de públicos, permite resultados muito mais assertivos com menos esforço e mais inteligência, tendo impacto direto sobre a geração qualificada de leads.

 

BENEFÍCIOS

O uso de ferramentas de inteligência em marketing digital, principalmente a automação, permite taxas de retorno sobre investimento muito maiores que na sua ausência, otimizando recursos financeiros.

Porém, além disso, há um ganho importante em relacionamento com o cliente: é possível entender os leads de forma mais completa e lógica, compreendendo melhor suas necessidades, desejos, hábitos e jornada de compra.

Isso facilita não apenas processos de vendas, como também a própria experiência do cliente, gerando uma relação ganha-ganha de alto valor para o cotidiano empresarial contemporâneo.

 

CONCLUSÃO

Seja no disparo de SMS, na criação de mailing, no e-mail marketing ou em qualquer outra área do marketing digital, está provado que a automação é uma realidade não apenas benéfica, como já necessária à competitividade dos negócios em meio digital.

Seus benefícios são palpáveis e tornaram a automação uma veia estratégica indispensável aos negócios digitais na contemporaneidade, constituindo uma área de desenvolvimento e trabalho muito aquecida e vital para a nova economia.

Recommended Posts