Remarketing e públicos personalizados

Entre as principais possibilidades do marketing digital, sem dúvida está o remarketing: alcançar, com anúncios, pessoas que já demonstraram interesse específico no produto que você quer vender.

Assim também conhecido como retargeting, essa importante possibilidade é central em qualquer boa estratégia de marketing digital, levando anúncios a públicos com chances de conversão bem mais altas.

Diversas redes sociais, em suas ferramentas de anúncios, já oferecem retargeting para localizar públicos que, por exemplo, acessaram o seu site ou carrinho do seu produto, mas não finalizaram a compra.

Mas também é possível explorar outro caminho para encontrar públicos mais assertivos: importando a sua própria lista de contatos. Uma lista obtida através de qualquer estratégia de captação ou compra de leads.

Vamos ver como funciona!

Utilizando o Remarketing

Vamos exemplificar o funcionamento do remarketing com o Facebook/Instagram Ads. Uma das principais ferramentas de anúncios do mundo digital hoje em dia.

Suponha, inicialmente, que você queira localizar as pessoas que visitaram a página de um produto ou serviço. Elas acessam a página, mas de lá deixam o site e não seguem navegando.

Para que um anúncio chegue especificamente a essas pessoas, aliás o que permite que você faça um conteúdo exclusivo para elas, focando em retomar o processo de compra. É necessário que o site ou landing page tenha um código que possibilite o rastreamento dos usuários desejados.

PIXEL – Rastreador

No caso, esse código se chama Pixel, assim sendo a chave do remarketing.

Para criar o Pixel, é necessário ir ao gerenciador de anúncios do Facebook Ads e criar um novo público personalizado, na aba “Públicos”. Também há uma opção de inserir “qualquer pessoa que visite o seu site”, como próposito de criação do público que acessa o seu site ou uma página específica.

O Pixel é um código, que deve ser copiado e colado na página cujo movimento você deseja rastrear, e que em pouco tempo irá passar ao Facebook os dados de quem o visitou através de cookies*, compondo assim um excelente público personalizado.

Embora o lead obtido com o Pixel desapareça no caso de o usuário limpar os *cookies do navegador, o ganho de leads é imenso, pois a grande maioria das pessoas não se preocupa em rever *cookies ou memória cache com frequência.

*Cookies são configurações gravadas no seu navegador referente um site.

Após poucos dias da instalação do Pixel, provavelmente já haverá uma base de dados consistente, a depender do volume de acessos do seu site.

Ao criar a campanha, basta selecionar o público personalizado que contém o pixel anteriormente criado.  Por fim, vale verificar antes se o Pixel realmente está ativo e funcional através de extensões do navegador.

Custom Audience: Público personalizado

Além de ir atrás de pessoas que visitaram o seu site, é possível fazer remarketing também com dados do seu público alvo pré-existente.

Porém, ao contrário do que muito se pensa, não só para e-mail marketing e telemarketing é que servem os dados nessas situações, e sim, para direcionar anúncios, seguindo a estratégia do remarketing.

Dessa forma, podemos utilizar e-mail, nome completo e telefone celular para importar seu público customizado para remarketing dos seus anúncios.

Repitamos o exemplo do Facebook/Instagram Ads: ele abre a possibilidade de criar públicos personalizados com dados externos que vão dar match com a base de usuários do whatsapp, facebook e instagram.

Ao criar um público personalizado, pode-se optar por carregar uma lista de contatos ao invés de deixar tudo a cargo do Pixel do seu site ou de landing pages.

Ao importar uma lista personalizada na criação de um público, e colocá-lo como alvo de uma campanha, todos aqueles dados que estiverem conectados a uma conta vão visualizar e acompanhar o seu conteúdo.

Eu mesmo já fiz um anúncio “eu te amo” personalizado para minha namorada, utilizando os dados dela (e-mail e telefone) no dia dos namorados. As possibilidades são imensas!

Conclusão

Peça fundamental em qualquer estratégia digital, o remarketing veio para ficar em todos os ambientes, tendo chegado até ao LinkedIn com o Matched Audiences para segmentar profissionais e empresas.

Diante da era da informação e da superexposição a conteúdos de todos os tipos, é fundamental buscar estratégias de assertividade com os anúncios para atingir o público alvo ideal.

Vale a pena se manter atento às mudanças, aprender a usar essas ferramentas com exatidão. Dessa forma, vender e divulgar muito mais o seu negócio. Sempre lembrando que o anúncio deve ser bem criativo e realmente dialogar com o público alvo pretendido!

Conheça nossas soluções para remarketing Data Driven em redes sociais, principalmente no facebook/instagram e linkedin. Contato

Recommended Posts